sexta-feira, outubro 30, 2009

~ Gravidade



Algo está muito errado,
Quanto mais me afasto de você,
Algo me trás de volta para seu lado,
E isso nunca demora muito para se acontecer.

Você me prende ao seu lado sem nem ao menos me tocar,
Você me olha como um mistério a desvendar,
Seu sorriso me acorrenta a você sem precisar de algemas para tal feito,
E quando tudo fica mais forte,
A vontade que me consome é de mergulhar de vez no seu amor sem nem sentir a
tempestade.

Você me conhece, e sabe que estará sempre em mim,
Sabe que não irei embora, por mais que meu corpo queira isso,
Meu coração me manda ficar,
E você, com todos seu defeitos e qualidades consegue que eu fique,
Então aqui estou eu, onde deveria sempre estar,
Esperando apenas você chegar.

Você me amou cada dia, cada segundo, cada hora,
Você conhece cada ponto fraco, cada olhar ou sorriso meu,
Você me amou como o ser frágil que sou,
Você me tocou e toda minha fragilidade se foi,
Você me beijou e todo meu corpo desfaleceu nas suas mãos,
E agora eu vivo aqui, sem caminho algum o qual seguir,
Só tentando fazer você ver que tudo que eu preciso aqui na terra é você.

Mas como nada demora em mim,
Nem me leva pra longe o bastante de você,
Seus sentidos também não demoram a falar que você procura por mim,
Nem demoram tempo o bastante para demostrarem que eu também o conheço,
Como conheço cada parte minha que você enlouquece,
Como conheço o que somos quando estamos juntos.

  • Olá pessoal, tava meio sumida ne? Mas apareci e estarei por aqui até segunda- feira direto, feriado proporciona isso agente ne mesmo?? kkk.. Bom, texto e a edição da fotinho la de cima de minha autoria, espero que gostem realmente, ah a foto é de Stefan e Elena... Estou inspirada hoje e com uma tendinite dos diabos :S

Beijinhos ;*
Até a próxima :)

Um comentário:

  1. Sempre há algo errado. Amar nunca foi certo.Sempre foi condenado. Talvez por que querer o bem de outrem seja bom. Quero errar sempre.

    ResponderExcluir