segunda-feira, abril 02, 2012

~ Personalidade(s).


Eu sempre gostei do meu quarto, 
Das suas cores, das suas velhas lembranças,
Até que suas paredes viraram abrigo de sombras...
Desde esse dia, suas vigas e estrutura passaram por imensas mudanças de coloração,
De tonalidades, de... Personalidade(s).

Meu pincel é uma lâmina, um futuro,
Minha mente é um vão, um instante, ou apenas segundos de uma suposta felicidade.
Depois de noites as claras ou, com o abajur como companhia,
Finalmente as sombras me abandonaram, largaram ou fugiram de mim - sei lá - até que bateram na porta, quebrando minha eterna fixação...

- Querida, encontrou sua sombra?
- Sim, e a mandei embora.
- Como?
- Trancada naquele velho pote de tinta branca.

Olá pessoal, como estão? Devem estar achando tudo estranho, estou postando em dias próximos (risos), mas acalmem-se que depois desse ainda tenho outro texto escrito que pretendo colocá-lo aqui rapidão como esses dois :). A história desse texto envolve vários problemas, então não vou contá-la inteiramente, mas merecem saber que foi desentendimento entre "amigos" e que foram resolvidas aos poucos, entretanto nem tudo volta a ser o que sempre foi não é? Bom, estou de partida. Beijos e até a próxima :*

2 comentários:

  1. Maravilhoso, como todos os outros textos que vc produz, izis :D PARABÉNS !!!

    :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ASSINADO ...JOÃO

      UNKNOWN É UM ESCAMBAU...KKKK!

      Excluir